Secretaria Municipal do Ambiente orienta população sobre descarte de pneus inservíveis

Secretaria Municipal do Ambiente orienta população sobre descarte de pneus inservíveis

A término de conscientizar e sensibilizar os munícipes londrinenses nesse período de altas temperaturas e chuvas intensas, associadas à multiplicação do mosquito Aedes aegypti, a Secretaria Municipal do Envolvente (Sema) orienta a população sobre o descarte seguro e adequado de pneus inservíveis. Nascente tipo de material acumula chuva muito facilmente e comumente é estanco em locais inapropriados, contribuindo de forma significativa para o aumento da incidência e circulação do vetor transmissor da dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela urbana.

Ou por outra, os pneus podem ocasionar uma série de danos ao meio envolvente, sendo um item tal qual tempo estimado de desagregação chegam até 600 anos. Seu descarte incorreto pode interferir no curso de rios, obstruir redes de esgoto, gerar inundações e poluição da chuva e solo, inclusive do ar, se forem incinerados, entre outros malefícios, além de gerar gastos públicos com reparos, manutenções e ações ambientais.

Nesse contexto, a Sema indica ao público, mormente a empreendimentos que trabalham com nascente resultado ou tenham pneus sem uso para descartar, porquê encaminhar esses resíduos para dois pontos aptos a recebê-los na cidade e fazer as devidas destinações.

Foto: Vivian Honorato / Registro N.Com

De negócio com a geógrafa da Sema, Mariza Pissinati, trata-se de duas empresas regularizadas para executar o serviço, ambas possuindo licença ambiental e alvará vigentes. “Estes locais privados trabalham especificamente com pneus inservíveis e, desde 2019, o descarte pode ser feito lá, em qualquer período do ano. A pessoa interessada pode pedir a coleta para uma das empresas e, se por qualquer motivo, não conseguir descartar, é sugerido que mantenha o pneu muito armazenado e protegido da chuva, evitando o acúmulo de chuva. Outro ponto importante é conferir, periodicamente, se o pneu não se tornou abrigo de animais sinantrópicos porquê baratas, ratos, morcegos, escorpiões e outros”, explicou.

Conforme informou Pissinati, é geral pessoas guardarem objetos volumosos, esperando informação de onde e porquê destinar, de preferência sem dispêndio. “O ideal é que elas entrem em contato com a Sema para receber orientação sobre esses e outros tipos de resíduos. Se preferirem consultar na internet, há uma página virtual da Sema intitulada “Destinação de resíduos”. Lá, é provável encontrar essas e outras informações”, sugeriu.

Supra de tudo, segundo a profissional da Sema, o serviço atende a uma questão de saúde pública. “Considerando as chuvas concentradas e o calor intenso que temos presenciado em Londrina, que são grandes fatores do aumento de casos de dengue, e também o trajo de que o pneu é um dos abrigos mais comuns para a multiplicação do mosquito Aedes aegypti, há a urgência de se fazer a captação e a destinação de pneus inservíveis que se encontram nessa situação”, enfatizou Pissinati.

Além das duas empresas informadas pela Prefeitura (veja detalhes aquém), caso haja mais empreendimentos devidamente regularizados para receber e destinar pneus inservíveis, é solicitado que entrem em contato com a Gerência de Resíduos Sólidos e Recursos Hídricos da Sema. O telefone é o (43) 3372-4753.

Locais disponíveis

1 –  Engesol Engenharia e Soluções Ltda

Rua Grafita, 563 – Parque Waldemar Hauer A

Atendimento das 8 às 17h, de segunda à sexta-feira

Fones: 99622-4853 / 9829-4889

Contato: Rozana Ribeiro

Tanto para a coleta no lugar de geração, quanto para a entrega direta no barracão, não há dispêndio.

 

2 – Adriano de Almeida Pneus Ltda

Rua Amélia Riskallah Abib Tauil, 1.337 – Parque Waldemar Hauer B

Atendimento das 8h às 17h30, de segunda à sexta-feira

Fones: 33675071 / 99652-6940

Contato: Adriano de Almeida

Coleta a R$ 1,00 / pneu

Entrega direta no barracão, sem dispêndio.

*Informações e Imagens Prefeitura de Londrina