Conselho Curador aprova FGTS Futuro

Conselho Curador aprova FGTS Futuro

Novidade modalidade permite utilização de depósitos futuros na conta do trabalhador para liquidação ou amortização de prestações dos financiamentos habitacionais

 

O ministro do Trabalho e Trabalho, Luiz Pelágico, presidiu nesta terça-feira (26) reunião do Parecer Curador do FGTS que aprovou o FGTS Horizonte, modalidade de uso do fundo que possibilita, mediante autorização do trabalhador, a utilização de depósitos futuros em sua conta para a liquidação, amortização ou pagamento das prestações dos financiamentos habitacionais.

O objetivo da medida, que acrescenta à Lei nº 8036/90 essa novidade modalidade é ampliar o aproximação de famílias de mais baixa renda ao crédito habitacional, possibilitando que o valor, que é depositado mensalmente, possa ser utilizado para suprir a capacidade de pagamento na obtenção de financiamento habitacional.

O FGTS Horizonte pretende atender muro de 43 milénio famílias, anualmente, com renda familiar de até R$ 2.640,00, ampliando sua capacidade de pagamento na obtenção do financiamento habitacional. Pela medida, o agente operador do FGTS, a Caixa, fornecerá informações sobre a conta vinculada do trabalhador à instituição financeira, que solicita o bloqueio dos valores para quitação ou amortização das prestações.
A expectativa é que a Caixa, em 15 dias, defina os procedimentos necessários para operacionalização da medida, a recontar de sua publicação no D.O.U.

Por: Ministério do Trabalho e Trabalho (MTE)